sábado, 28 de abril de 2012

SUSTENTABILIDADE E ESTILO MARCAM A DECORAÇÃO COM BAMBU


A preocupação com a sustentabilidade e o meio ambiente motiva a busca por alternativas ao uso de recursos naturais, principalmente quando o assunto é decoração. Pensando nesse nicho de mercado, diversos profissionais estão optando pelo bambu para decorar os ambientes. Além de trazer um toque rústico, seu uso ainda proporciona a satisfação de estar contribuindo para evitar o corte de árvores e extração da madeira.
Ao contrário do que se pensa o bambu não é do tipo arbóreo e sim da família das gramíneas, tal qual a cana-de-açúcar. Danilo Cândia, engenheiro agrônomo e sócio-diretor da Carbono Zero, comenta que o bambu, mesmo não sendo madeira, chega a ultrapassar as madeiras de lei em durabilidade, densidade e resistência. Paulo Bustamante, designer e diretor da empresa A Bambuzeria, afirma que o sistema de crescimento desse tipo de planta é telescópico, ou seja, cresce apenas verticalmente e assim que o touceiro começa a dar brotos, eles já determinam a grossura que a planta vai ter.

Considerada a planta do futuro, o bambu gigante, após formar seu touceiro,permite colher até 800 metros de vara por ano devido ao seu crescimento acelerado em relação a uma árvore qualquer. Variando por espécie, clima e terreno, o tempo de maturação de uma vara de bambu é de aproximadamente três anos, sendo que a primeira colheita entre seis e dez anos. Paulo lembra que quanto maior for o calor, mais rápido o bambu matura suas fibras. Saiba mais sobre onde o bambu pode ser usado e como fazer a manutenção dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.